Quem somos

A FASFI – Fundação de Ajuda Solidária Filhas de Jesus é uma organização civil, não governamental, sem fins lucrativos, fundada em 2003, na Espanha. No Brasil, apresenta-se como uma filial e conta com a participação de leigos voluntários e colaboradores, independentemente da crença religiosa. Essa fundação faz parceria com as irmãs Filhas de Jesus e busca globalizar a solidariedade.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Campanha da Fraternidade 2015

Com o lema: eu vim para servir, a Campanha da Fraternidade traz como tema para o ano de 2015 - Fraternidade: Igreja e sociedade.  Uma proposta ampla de discussão, compromissos e profecia. A Igreja tem procurado ao longo de sua história ser anunciadora do Reino, que é de Deus, na vida em sociedade. E os sinais desta travessia são visíveis  e inegáveis em nosso meio.
O bem que se fez e faz é algo intrínseco em sua atuação junto a parcelas diversas do povo e deriva de sua vocação fundamental: ser sinal do Reino. Esta expressão do ser da Igreja se manifesta em atitudes de compaixão, solidariedade e luta pela justiça nos diversos grupos e comunidades eclesiais.
A Igreja tem aprofundado seu diálogo com a sociedade através de  diversos grupos e segmentos. E procura fazê-lo com o propósito de ser fiel a sua opção pela vida e vida em abundância para todos tendo como exemplo, o Mestre Jesus. Neste diálogo, um dos  lugares teológicos demarcados são os pobres. A Doutrina Social da Igreja está muito clara quanto a esta opção.
Será um ano de aprofundar diálogos, conectar esforços e manter a fidelidade criativa no serviço aos mais pobres e em favor da justiça e solidariedade. É tempo de somar com outros em favor da vida, mas também de denunciar as formas de opressão e de não se omitir quando a vida for ameaçada.
A FASFI  no  Brasil deseja participar deste diálogo e somar forças para um mundo mais humano e equitativo.
Que seja um tempo de graça e de fertilidade na vida da Igreja no Brasil! Em bem de uma sociedade mais justa e fraterna. Com mais partilha e menos desigualdade.


Joseilda Borges


Nenhum comentário:

Postar um comentário